Como dar remédio para cachorro: 9 dicas para facilitar esta tarefa!

Como dar remédio para cachorro: 9 dicas para facilitar esta tarefa!

Aprenda como dar remédio para cachorro pode se tornar uma tarefa mais fácil e importante para manter a saúde do seu amiguinho em dia! 

Dar remédio para cachorro é uma tarefa tão simples quanto roubar doce de criança. Só que não! Seja para tratar alguma doença ou evitar o surgimento de possíveis problemas futuros, medicar o seu cãozinho pode parecer praticamente impossível. Em casos de remédios líquidos e seringas, a situação pode ficar pior ainda! Os cães podem ficar agressivos ou extremamente agitados, dificultando todo o processo e postergando a resolução do problema. 

Para aprender como dar remédio para cachorro da maneira correta e eficaz, é necessário entender os costumes do seu animal e tentar aplicar aos poucos. Quer descobrir como dar remédio para cachorro? Preparamos um conteúdo repleto de dicas e cuidados que você deve ter na hora de medicar o seu amiguinho! 

Como dar remédio para cachorro 

Se você é mamãe ou papai de pet, sabe que para medicar o seu cão é necessário quase uma força-tarefa. Os comprimidos e os remédios líquidos normalmente são os mais difíceis, pois é um pouco complicado manter os cães parados e calmos na hora de medicá-los. O mais importante na hora de dar remédio para seu cachorro é ter cuidado e paciência. E como isso não acontece pela própria vontade dele, não tem jeito: você vai precisar enganar o seu amiguinho! Mas não se culpe, afinal, você está fazendo isso para o bem dele! 

Remédio em comprimido

O comprimido é o tipo de medicamento mais comum entre os pets. O que fazer para ele não cuspir? É melhor amassar o comprimido na ração ou abrir a boca dele? E se ele rejeitar o comprimido? Antes de sair colocando o remédio na boca do cão, você precisa preparar o cachorro e acalmá-lo para que a ação seja mais rápida e fácil: 

  1. O primeiro passo é deixa-lo feliz e calmo. Faça carinho e ofereça o comprimido espontaneamente. Alguns cães podem confundir o comprimido com um petisco e comê-lo automaticamente, mas a maioria não irá fazer isso. 
  2. Tente segurar o focinho sem machucar e inserir o comprimido próximo a garganta do animal, para que não exista a possibilidade dele cuspir. Feito isso, massageie a garganta para que ele possa engolir com facilidade. Se o cão lamber o próprio focinho, significa que ele engoliu o comprimido corretamente. Soprar o seu nariz também pode fazê-lo ingerir o comprimido mais facilmente. Ao final, ofereça um pouco de água para que ele possa engolir melhor e um petisco como recompensa.
  3. Se nada disso der certo, você pode tentar misturar o comprimido em uma comida apetitosa. É possível até mesmo esconder o medicamento em almondegas e pães, por exemplo. Essa técnica costuma funcionar bem, mas nunca deixe o remédio à vista e não o deixe perceber que está sendo enganado. 
  4. Consulte os medicamentos que podem ser integrados a certos tipos de alimentos. Alguns remédios podem ser amassados e aí dar remédio para cachorro se torna uma tarefa bem mais fácil. Isso porque a fragmentação do remédio ajuda a esconder a sua textura e melhora a mastigação. Porém, é importante ler a bula e checar as possibilidades. Existe a opção de cortar os comprimidos ao meio, facilitando a ingestão. 
  5. Existem opções de guloseimas específicas para fazer com que o cão engula o remédio com facilidade. Vale a pena dar uma pesquisada, essa opção pode facilitar o processo e ajudar a curar o seu bichinho mais rapidamente! 
  6. Já pensou em derrubar uma comida deliciosa sem querer? A maioria dos cães sai correndo para comer, imagina se uma dessas comidas estivesse com um comprimido camuflado? Essa é uma boa estratégia para fazê-lo ingerir o comprido automaticamente! 

Fique atento aos tipos de petiscos oferecidos aos cães. Opte por alimentos saudáveis e naturais, como frutas e legumes. Alimentos muito gordurosos podem prejudicar bastante o pet. 

Medicamentos líquidos 

Se o remédio para seu cachorro for líquido, a situação fica um pouquinho mais complicada. É necessário, inclusive, ter muito cuidado ao aplicar os medicamentos líquidos, pois o cão pode engasgar ou cuspir o conteúdo. 

  1. A melhor forma de aplicar um líquido é inseri-lo pela lateral da boca com a ajuda de uma seringa de plástico, sem a agulha, entre os dentes e a gengiva. Uma forma de evitar que ele engasgue ou cuspa o líquido é fechar o focinho e assoprar o seu nariz, isso vai fazer com que ele queira lamber o próprio nariz, automaticamente engolindo a própria saliva e engolindo o líquido, consequentemente. 
  2. Se o líquido for em gotas, você pode dilui-lo em água, mas apenas se o remédio permitir. Para aplicar as gotas na boca do pet, utilize a estratégia 2, citada no tópico ‘’Remédio em comprimido”: segure o focinho e deixe-o meio aberto, aplique as gotas rapidamente e ofereça água para facilitar o processo de ingestão. 
  3. Você pode oferecer o remédio na ração, tornando-a um pouco mais úmida. Mas tome cuidado para não colocar muito remédio na comida do cão, ele pode perceber o gosto estranho e acabar não ingerindo. Vá aos poucos! 

Lembre-se sempre de consultar a bula do remédio para saber se é permitido misturar ou amassar os remédios que o seu cachorro irá ingerir!

E se nada disso der certo? Conte com a Pets House! 

Se mesmo com a ajuda dessas técnicas nada der certo e o seu pet relutar em tomar o remédio necessário, você pode contar com a ajuda de um centro veterinário especializado em doenças animais. Além de diagnosticar o problema do seu amigo, aqui na Pets House, você garante que o medicamento seja aplicado corretamente e que o seu cachorro não irá sofrer nem se estressar, protegendo-o dos riscos das doenças. Quer conhecer um pouco mais sobre a Pets House? Entre em contato conosco através das nossas redes sociais: 

Facebook: https://bit.ly/2pboblX 

Instagram: https://bit.ly/2Pqelak 

Conheça nossos serviços: https://bit.ly/2pbomO9 Para mais dicas e cuidados sobre cães, gatos e animais domésticos em geral, continue de olho em nossos posts mensais: https://bit.ly/336q5CI

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Ainda não baixou o guia completo de vacinas para caês?